(49) 3621-3569

soluções polo agência

Nosso propósito é claro: capacitar marcas para brilhar. Combinamos estratégia, criatividade e inovação para criar campanhas que não apenas se destacam, mas também impulsionam o sucesso de nossos clientes. Nosso compromisso é elevar sua marca a novos patamares de reconhecimento e sucesso por meio de diversos serviços online e off-line.
fale conosco

ChatGPT ganha rival criado pelo Google, o Bard

Robô conversador da gigante das buscas tem as mesmas características do ChatGPT e será liberado nos próximos dias para teste.

 

Fachada do Google em Nova York. — Foto: REUTERS/Brendan McDermid

Fachada do Google em Nova York. — Foto: REUTERS/Brendan McDermid

Google anunciou nesta segunda-feira (6) o Bard, um robô conversador (chatbot) que usa inteligência artificial para concorrer com o popular ChatGPT, da OpenAI. A novidade estará disponível para teste “nas próximas semanas”.

❓ Assim como o ChatGPT, o Bard usa informações da internet para fornecer respostas. Inicialmente, os usuários poderão aproveitar a tecnologia e compartilhar feedbacks que serão usados no aprimoramento do robô.

? O Google também confirmou que o Bard estará no principal produto da empresa: as Buscas.

? “Vamos combinar o feedback externo com nossos próprios testes internos para garantir que as respostas de Bard atendam a um alto nível de qualidade, segurança e fundamentação em informações do mundo real”, disse Sundar Pichai, presidente-executivo da Alphabet, empresa dona do Google.

“Ele pode ajudar você a explicar novas descobertas do Telescópio Espacial James Webb da Nasa para uma criança de 9 anos, ou aprender mais sobre os melhores atacantes do futebol no momento”, completou Pichai.

 

? Por trás do Bard, está o Language Model for Dialogue Applications (LaMDA), a inteligência artificial do Google que gerou texto com tal habilidade, que, segundo um engenheiro da empresa, tinha consciência própria, uma alegação amplamente rejeitada pela companhia e por cientistas.

? Pichai ainda confirmou que o Google está usando uma versão do LaMDA que requer menos poder de computação para que mais pessoas possam testar a ferramenta.

? Alguns dos sofisticados chatbots sociais de hoje são comparáveis ​​ao LaMDA em termos de complexidade, uma vez que aprenderam a imitar conversas genuínas em um nível diferente de outras inteligências artificiais, como Alexa, Google Assistente e Siri, segundo a agência Reuters.

LEIA TAMBÉM:

ChatGPT: como usar o robô no dia a dia

Conheça o ChatGPT, a tecnologia que viralizou por ter resposta para (quase) tudo
compartilhe